André de Pierre participou de um debate com Giorgio Tsoukalos

No último sábado, dia 26, André de Pierre, editor da Editora Anunaki e autor dos livros Enigmas e Ab Origine, esteve no grande evento Giorgio no Brasil promovido pelo History Channel.

Um painel foi montado para debates com a presença de grandes pesquisadores como A. J. Gevaerd, Brien Foerster, Thiago Tichetti e Tony Inajar, onde o tema abordado foi a presença de alienígenas no Planeta Terra em um passado remoto.

O evento fez parte da divulgação da Nova Temporada da famosa série Alienígenas do Passado, transmitida pelo History Channel. Ao vivo, participaram na plateia mais de 1000 pessoas, sendo que o evento também foi transmitido para milhares de pessoas pelo Facebook e Youtube.

Assistam abaixo ao evento completo, assim como a participação importante de André de Pierre.

 

Jorge Stamatopoulos publica livro pela Anunaki

Jorge Stamatopoulos teve seu original aprovado e publicará a obra A guerra do Araguaia através da nossa Editora.

Sobre o autor

O novo autor da Anunaki tem um curriculum incrível, conforme você pode conferir abaixo.

Jorge é Mestre em Direito; Professor Universitário, autor de obras jurídicas; coordenador, juntamente com sua esposa Edilene Stamatopoulos, do Núcleo de Estudos Filosóficos e Sociais-NEFS, entidade dedicada à pesquisa e divulgação de temas culturais, filosóficos e espiritualistas; palestrante espírita; membro da Ordem Rosacruz Amorc desde 1982; pesquisador e estudioso das leis que regem nosso Universo e pai da Letícia Stamatopoulos.

Sobre o livro

O cenário é a região do Araguaia (hoje Estado de Tocantins), em meados da década de 1970, em plena Ditadura Militar.
Visando combater um movimento guerrilheiro que se instalara na região, patrocinado pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B), o governo federal envia para o local o maior contingente de tropas brasileiras desde a II Guerra Mundial.
Dentre estes militares, um jovem soldado, ex-estudante universitário, que se engajara nas forças armadas apenas em busca de aventuras, inspirado por um tio militar que morrera na Indochina em 1954.
Os combates são esporádicos neste tipo de guerra não convencional, restando na maior parte do tempo, a opressora rotina militar, que aliada ao medo e angústia crescente, desequilibram cada vez mais o personagem principal.
Durante sua permanência na selva, o jovem soldado se dá conta da falta de sentido de tudo aquilo, mas não havia como fugir. O pesadelo tinha que ser enfrentado até o fim.